Confirmado! Edvaldo Britto confirma presença no Conac & Cones 2012!

EDVALDO Pereira de BRITO

ADVOGADO, há mais de 50 anos, especializado em Direito Empresarial, destacadamente Direito Tributário, Direito Administrativo, Direito Constitucional e Direito Civil, exercendo a profissão na Bahia e em São Paulo.

MESTRE em Direito, Pós-Graduado em Direito Econômico, pela Universidade Federal da Bahia – UFBA. 1980.

DOUTOR em Direito, Pós-Graduado em Direito Tributário, pela Universidade de São Paulo – USP. 1997.

LIVRE-DOCENTE de Direito Tributário da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo – USP. 1998.

PROFESSOR TITULAR DE DIREITO CIVIL, na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo – USP, aprovado em 2007, em concurso público de títulos e de provas.

PROFESSOR TITULAR DE LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA, na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo – USP, aprovado em 2002, em concurso público de títulos e de provas.

PROFESSOR EMÉRITO da Universidade Federal da Bahia, lecionando DIREITO CONSTITUCIONAL e DIREITO TRIBUTÁRIO no curso de pós-graduação.

PROFESSOR EMÉRITO da Universidade Presbiteriana Mackenzie, lecionando DIREITO TRIBUTÁRIO (licenciado) na pós-graduação e de DIREITO DAS OBRIGAÇÕES desde 1992 (ora licenciado) no curso de graduação.

É Acadêmico/ Membro de diversas academias, dentre as quais a Brasileira de Letras Jurídicas, a Brasileira de Direito Tributário, a Internacional de Economia, a de Letras Jurídicas da Bahia, a Internacional de Direito e Economia dentre outras.

É autor de centenas de artigos sobre direito tributário, constitucional, econômico, administrativo e civil, publicados em revistas especializadas e de dezenas de livros.

ADVOGADO-CHEFE, desde 1987, da sociedade de advogados EDVALDO BRITO & ADVOGADOS ASSOCIADOS na Bahia e em São Paulo.

FOI PREFEITO da Cidade do Salvador, Capital do Estado da Bahia (1978/1979)

SECRETÁRIO DOS NEGÓCIOS JURÍDICOS DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO, Capital do Estado de São Paulo, (1997/2001).

É VICE – PREFEITO da Cidade do Salvador, até 2012, eleito no pleito de 2008.